Ninguém está sozinho

Ana Rita Cavaco

Bastonária da Ordem dos Enfermeiros

Ninguém está sozinho

Conheci o senhor Fernando sentado na varanda da sua casa, em Mogadouro. Falou-me dos enfermeiros que se tornaram “quase da família”, que lhe arranjaram “as consultas no Porto” e que foram visitá-lo quando esteve internado em Bragança. A vida do senhor Fernando confunde-se com os sorrisos e o profissionalismo da equipa de apoio ao domicílio do Centro de Saúde de Mogadouro.

As histórias que se seguem são sobre vidas assim, amparadas por quem está onde tantas vezes não está mais ninguém. Queremos que o País entenda que aquilo que fazemos todos os dias, de Norte a Sul, do Litoral ao Interior e regiões autónomas, é um serviço indispensável à coesão social e territorial. Não há Democracia sem Serviço Nacional de Saúde. Não há Serviço Nacional de Saúde sem enfermeiros. A conclusão só pode ser uma: não há Democracia sem enfermeiros.

É por isso que a nossa revista, agora renovada, tem a ambição de fazer serviço público. Temos um formato novo, uma nova imagem e um posicionamento diferente. Queremos estar como prometemos: próximo dos enfermeiros e das pessoas que precisam de nós. Ouvir e dar voz. Por estas páginas vão desfilar histórias de um País que não se resigna aos sucessivos cortes na Saúde. Exemplos de dedicação, profissionalismo e muito trabalho. Podíamos ter escolhido outro nome para esta renovada revista. Escolhemos o óbvio: “Cuida”. Porque cuidar é um verbo que sabemos conjugar como ninguém, sobretudo na primeira pessoa: eu cuido, nós cuidamos.

A publicação deste número assinala também os primeiros seis meses de mandato da nova equipa da Ordem dos Enfermeiros. Têm sido tempos de estudo, de diagnóstico e combate. É com particular satisfação que vejo os enfermeiros a liderar o debate sobre saúde em Portugal. Estamos a viver um tempo novo. Saibamos aproveitar a maré e, como explica o enfermeiro Alexandre Frutuoso nas páginas 18 a 22, utilizar esta onda para garantir que ninguém, nem enfermeiros nem doentes, está sozinho. Pela saúde de todos.

Artigos Relacionados

Start typing and press Enter to search