Braga: Ordem pede contratação de 19 enfermeiros para evitar fecho de serviços

Enfermeiros sozinhos durante turnos e postos de trabalho no bloco de partos comprometidos são algumas das situações do Hospital de Braga verificadas pela Ordem dos Enfermeiros (OE), que exige a contratação de perto de duas dezenas de enfermeiros para evitar o encerramento de serviços por falta de segurança dos cuidados.

“Não abdicamos de nenhum dos poderes devolutivos do Estado que a OE detém para actuar como órgão regulador da prática de cuidados de Enfermagem, onde se enquadra o cumprimento e adequação de dotações seguras (…). Para tal, solicitamos a correcção das situações identificadas no prazo de 30 dias”, avança a Bastonária da OE, Ana Rita Cavaco, num ofício enviado esta quarta-feira ao presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga, Vasco Luís de Mello.

Durante uma visita àquela unidade, a Ordem verificou várias situações de incumprimento das dotações seguras. A situação mais preocupante ocorre no serviço de Cirurgia 2C, onde existe um défice de 10 enfermeiros em tempo completo (ETC) na Cirurgia Geral para a área assistencial. Já no serviço de Cirurgia 2B o défice é de sete enfermeiros, com destaque para a cirurgia convencional chega a ter apenas um enfermeiro entre as 15h e as 17h30. Nos serviços de Pediatria e Obstetrícia 5C o défice verificado é de um enfermeiro, respectivamente.

Além disso, a OE atestou “situações flagrantes em que o enfermeiro trabalha sozinho em determinados períodos de turnos, sobretudo tarde e noite, sem o apoio de outro profissional enfermeiro”.

“Estou perfeitamente consciente das inúmeras dificuldades de contratação de enfermeiros (…). Até lá, não havendo enfermeiros em número suficiente, devem os serviços e respectivas chefias de enfermagem constituir-se como os primeiros a propor o encerramento de áreas funcionais como medida de segurança das pessoas que todos os dias procuram os serviços de saúde do SNS”, sublinha a Bastonária.

A Ordem continuará a pressionar o Governo para a contratação urgente de enfermeiros para esta e outras unidades do País.

Start typing and press Enter to search